Sérgio Godinho volta ao Teatro de Vila Real para apresentar o disco “Nação Valente”

Com mais de cinquenta anos de carreira, Sérgio Godinho, um dos maiores nomes da música portuguesa, voltou novamente ao palco do Teatro de Vila Real, num espectáculo que decorreu no passado sábado, dia 23.

A energia não faltou ao público que, ao som da música, com palmas e cantorias, acompanhava o cantor. Em conversa com O Torgador, Hélder Silva, um dos espetadores, afirmou: “Adorei o concerto… já vi o Sérgio Godinho várias vezes e uma coisa que me surpreende muito nos espetáculos dele é que ele consegue sempre fazer versões diferentes nas músicas… mesmo aquelas que já são antigas, parece que ouvimos sempre uma coisa diferente”.

Conhecido pelo homem dos sete instrumentos, o artista apresentou à cidade transmontana o seu novo álbum, “Nação Valente”, lançado em 2018. Durante o espetáculo, o cantautor ainda interpretou alguns temas resultantes de parcerias feitas ao longo da sua carreira. “Dancemos no Mundo”, com os Clã, foi um desses exemplos.

Homenagens e recordações não faltaram neste concerto que, com o poder da música, fez o artista recordar o seu velho amigo Zeca Afonso, apelando pelas vítimas da catástrofe Moçambicana.

Sérgio Godinho conseguiu conquistar Vila Real e terminou o concerto com o seu grande êxito “O Primeiro dia”, no qual deixa uma mensagem de esperança para o resto das nossas vidas.

 

Francisca Silva e Sara Morais

Imagem: O Torgador (Francisca Silva)

Avatar

Criado Por:

O Torgador

Partilhar:
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a utilizar o website, assumimos que concorda com o uso de cookies. Aceito Ler Mais